logo completa _ areia.png
 

"Gestante de quase três meses fui ao encontro de outras mulheres no trabalho imersivo da irmã, Bruna Savaget. Lá conheci a Yulli e toda a sua sensibilidade como mulher e como profissional da fotografia que vai além do que esperamos de uma fotógrafa. O olhar da Yulli é amoroso assim como o seu abraço e colo. Fiquei encantada com o seu seRvir nesse mundo, seus registros falam profundamente da natureza do feminino, são registros de muita beleza que brotam da verdade que vem da alma. Nos encontramos novamente numa segunda imersão, eu estava grávida de 5 meses e foi quando decidi que ela seria a fotógrafa do meu parto. Ela que mergulhou comigo em momentos de tanta cura nas imersões terapêuticas da Bruna, que nossa conexão se estenderia para além do ciclo de gestar, o parto!
Com 8 meses de gestação me vi muito prostrada e desanimada perante os desafios da vida na véspera do parto, ali, desabafando com a Yulli, recebi seu colo e abraço da mulher irmã que ela vibra em seu seR. Fui e sou testemunha que o trabalho que ela oferece nesse mundo está alinhado ao propósito de seRvir para energia feminina que existe em todos nós. Lembro de abrir meu coração e contar minhas dores do fundo do poço e ela me respondeu de forma muito amorosa, me acolheu e honrou minha história, me lembrou sobre a força que habitava em mim e me encorajou a resignificar aquele momento com o ensaio fotográfico grávida. Foi incrível a experiência de ser fotografada naquele ensaio com a Yulli, de fato resignificou e transmutou minhas dores. O trabalho da Yulli é uma medicina que fala da beleza humana que brota da alma e que pode transformar certas dores em poesia, contada em versos que se eternizam em registros de fotografia.
Nossa conexão foi além daquela vivência durante a gestação, tinha certeza que a presença dela no parto seria incrível. Amorosa e cheia de respeito esteve conosco desde o início do trabalho de parto, sou grata pelos registros e também pela egrégora de luz q levou para o nosso apartamento naquele dia, pelo seu canto de amor, pelo cuidado com a nossa filha Iasmin e pela generosidade de ser luz em abundância!” 

Fernanda Telles